Intervenção Local e Nacional

A JS atua localmente, através dos seus núcleos e concelhias. Estas, por seu turno, organizam-se em federações distritais e regionais. Finalmente, a JS conta ainda com uma estrutura nacional, englobando o Secretário-Geral e a Comissão Nacional, eleitos pelo Congresso Nacional, e o Secretariado Nacional e a Comissão Política Nacional, eleitos pela Comissão Nacional.

Intervenção no Ensino

A JS desenvolve ainda a sua atuação sectorialmente através dos seus núcleos de escola, em todos os níveis de ensino, desde o ensino básico ao superior, que se organizam através da Organização de Estudantes Socialistas (OES).

Intervenção Autárquica

Para além destas estruturas, a Associação Nacional dos Jovens Autarcas Socialistas (ANJAS) coordena a atuação dos eleitos locais da JS nas freguesias e municípios, difundindo boas práticas e auxiliando a coordenação política ao nível do poder local.

Intervenção no Trabalho

A Juventude Socialista está igualmente presente no emprego e nos movimentos sindicais através dos Jovens Trabalhadores Socialistas (JTS) e da Tendência Sindical Jovem Socialista (TSJS).

Intervenção Internacional

No plano externo, a JS é membro fundador da organização europeia de jovens socialistas (ECOSY – Young European Socialists), estando particularmente empenhada no aprofundamento do projeto Europeu e no reforço das suas componentes democráticas e sociais. Atuando em defesa de uma ordem internacional baseada nos princípios da Carta da ONU, a JS é ainda membro da IUSY (International Union of Socialist Youth) e tem reforçado a sua intervenção na cooperação entre organizações dos países de língua portuguesa e do espaço ibero-americano.

Este site utiliza cookies próprios e de terceiros. Se continuar a navegar, consideramos que aceita o seu uso.