O pelouro da Educação da CM de Braga mostra, mais uma vez, a falta de planeamento em matérias tão importantes, como a elaboração destes documentos essenciais “em cima do joelho”.
O Partido Socialista tinha já alertado em Junho e Julho para o caos que o atraso na votação destes contratos implicaria, tendo agora culminado nesta trapalhada em plena reunião de executivo.
Em causa estão os Acordos de Colaboração no âmbito das refeições escolares e atividades de animação e apoio à família. Os documentos colocados à votação correspondiam à versão inicial, posteriormente alterada com diversos contributos de Presidentes da Junta.
Por este motivo, os vereadores do Partido Socialista solicitaram a retirada do ponto e a realização de uma reunião extraordinária – com a maior brevidade possível – onde o documento colocado a votação fosse a versão final do mesmo.

REUNIÃO DA CMBRAGA

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza cookies próprios e de terceiros. Se continuar a navegar, consideramos que aceita o seu uso.