A Juventude Socialista de Braga, representada por 23 delegados eleitos e 5 moções setoriais, apresentou-se ao congresso com a maior delegação entre todas as concelhias do país e como um espelho de si mesma: um conjunto de jovens que, em prol de um concelho, de uma região e de um país, levaram ao órgão máximo da Juventude Socialista as suas preocupações e os seus anseios.

Da eleição que decorreu este domingo, em Almada, a JS Braga sai com uma representação histórica nos diferentes órgãos que compõe a estrutura. Dos órgãos já eleitos, a estrutura de Braga da JS contará com 12 comissários nacionais, entre efetivos e suplentes, 2 representantes efetivos da Juventude Socialista na Comissão Nacional do PS, entre outros destaques, numa eleição que constitui uma valorização do trabalho desenvolvido, positivo e em proximidade, em prol de uma sociedade melhor.

Destaca-se, ainda, a distinção de alguns camaradas enquanto militantes honorários entre os quais o atual presidente da mesa da comissão política da JS Braga, Rui Ferreira, e do anterior presidente da federação de Braga da Juventude Socialista, José Litra.

Estamos assim certos que, ao longo dos próximos dois anos, as preocupações e os anseios dos jovens bracarenses não serão esquecidos pelos diferentes agentes políticos que governam o nosso país.
De forma convicta, somamos as nossas razões às razões de esquerda para que juntos possamos construir uma cidade e um país melhor.

Por ti,
Por Braga,
Afirmamos Futuro.

XXI CONGRESSO DA JUVENTUDE SOCIALISTA

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza cookies próprios e de terceiros. Se continuar a navegar, consideramos que aceita o seu uso.